Simulação da Terra com pó, carbono e contaminantes

As simulações computorizadas do clima da Terra com que trabalham os cientistas da NASA permite fazer um retrato do planeta onde se podem ver os aerossóis, as partículas suspensas do pó que se levanta da superfície, o sal marinho que gira dentro dos ciclones, o carbono que se eleva das queimadas e as partículas de sulfatos procedentes dos vulcões e da queima de combustíveis fósseis.

A simulação, global e em alta resolução, é um modelo computorizado dinâmico com que se trabalha no Centro de Vôos Espaciais Goddard, informa a NASA e é uma ferramenta essencial para estudar do papel das condições meteorológicas no sistema climático terrestre.
O modelo, denominado GEOS-5, é capaz de fazer simulações meteorológicas com resoluções que vão desde 3,5 a 10 quilómetros.

No retrato, os diferentes códigos de cores permitem identificar o pó (a vermelho) o sal (azul), o  carbono (verde) e as partículas de sulfato (branco).


[créditos: William Putman, NASA/Goddard]

Anúncios
Esse post foi publicado em Curiosidades. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s