100 Grandes Maravilhas do Mundo. Parte 6

75. Lago Baikal .

 É considerado um dos mais profundos lagos em nosso planeta. A sua área é aproximadamente igual à área da Holanda. Lago Baikal tem cerca de 2.500 espécies diferentes de animais e plantas.

A superfície do Lago Baikal é de 31 500 km². É tão grande que se todos os rios na terra depositassem as suas águas no seu interior, levaria pelo menos um ano para encher. Alguns sítios ultrapassam os 1600 m de profundidade (dados mais recentes indicam 1680 m), sendo responsável por 20% da água doce líquida do planeta.

O lago Baikal ou lago Baical (russo: О́зеро Байка́л (Ozero Baykal)) é um lago no sul da Sibéria, Rússia, entre Oblast de Irkutsk no noroeste e Buryatia no sudeste, perto de Irkutsk.

74. Uluru . (também Ayers Rock ou a Rocha)

A sua singularidade é que ele pode mudar a cor da superfície, dependendo da altura do dia por causa das propriedades de arenito vermelho.

É uma monólito situado ao Norte da área central da Austrália, no Parque Nacional de Uluru-Kata Tjuta perto da pequena cidade de Yulara, 400 km sudoeste de Alice Springs.
É o segundo maior monólito do mundo (depois de Monte Augustus, também na Austrália), mais de 318 metros (986 ft) de altura e 8 km (5 milhas) de circunferência.

73. Catedral de Notre-Dame de Reims 

Foram coroados todos os monarcas franceses desde a Idade Média até o século XIX. Na Galeria dos Reis pode se ver  500 esculturas que retratam vários dignitários dos reis.

A Catedral de Notre-Dame de Reims forma, juntamente com a Catedral de Chartres, a dupla de catedrais góticas mais importantes da França. Localiza-se na cidade de Reims, na região de Champagne. Foi construída no século XIII, em substituição a uma antiga igreja incendiada. O local onde se encontra a Catedral de Reims teria sido o local do batismo do rei Clóvis I.

72. Castelo de Neuschwanstein .

 O castelo foi construído na Alemanha, graças a Ludwig II da Baviera, também conhecido como Mad Ludwig. Rei estava obcecado com os ideais medievais.

A arquitectura do castelo possui um estilo fantástico, o qual serviu de inspiração ao “Castelo da Bela Adormecida”, símbolo dos estúdios Disney.

71. Lagos Plitvice .

National Park, que está localizado na Croácia. O Park é conhecido por seus lagos em cascata e florestas antigas.

Os lagos dividem-se em dois grandes grupos, os lagos superiores e os lagos inferiores. Desde 1949 que este conjunto natural tem a designação de Parque Nacional e, desde 1979, de Património da Humanidade, pela UNESCO.

6. Parque Nacional de Komodo .

Uma vez que os prisioneiros eram exilados ali,  ali vivem cerca de 2.000 descendentes. Park é famoso por seus dragões em miniatura – lagartos Komodo.
\
O Parque Nacional de Komodo, em Tenggara, na Indonésia, foi estabelecido pelo governo da Indonésia em 1980, com o objectivo de proteger o habitat do dragão-de-komodo, assim como para preservar as florestas e os recifes de coral. No parque habitam variadas espécies para além do dragão-de-komodo, como por exemplo o veado-de-timor.

O parque tem também um dos mais ricos ambientes marinhos, incluindo recifes de coral, mangues, mantas de ervas marinhas, montes submarinos e baías semi-fechadas. Estes habitats abrigam mais de 1000 espécies de peixes, mais de 260 espécies de corais, e 70 espécies de esponjas. Dugongos, tubarões, jamantas, pelo menos 14 espécies de baleias, golfinhos e tartarugas marinhas também fazem do Parque Nacional de Komodo a sua casa.

Foi declarado Património Mundial da Unesco em 1991.

Anúncios
Esse post foi publicado em 100 Grandes Maravilhas do Mundo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s