Encontrar moedas e ouro nas águas barrentas do Ganges

10 de março na Índia acabou o maior festival religioso do mundo, com a maior massa da história da humanidade, o Maha Kumbh Mela festival. Esta comemoração contou com nada menos que 120 milhões de pessoas. A população local reviram montanhas de lixo, resíduos, e restos de vestígios de vida humana, cavam na lama nas águas do rio em busca coisas perdidas ou abandonados, com sorte encontram moedas e jóias de ouro. Parece insignificante mas com a venda desses achados muitos sustentam sua família por vários meses

 Khumb Mela (de khumb, “pote” e mela, “festival”) é o principal festival do hinduísmo, que ocorre quatro vezes a cada doze anos na Índia, rodando por quatro cidades: Allahabad, Ujjain, Nasik e Haridwar. Cada ciclo de doze anos inclui o Maha Kumbha Mela (maha = maior) em Allahabad, onde milhões de devotos hindus se reúnem para se banhar no Sangam, local de encontro dos rios sagrados Ganges, Yamuna e Saraswati para se purificar.

 O Khumba Mela se baseia numa lenda na qual deuses e demônios entraram em guerra por causa de um pote que continha o néctar da imortalidade. Algumas gotas do néctar caíram em quatro cidades na Índia: Allahabad, Ujjain, Nasik e Haridwar, onde o Khumba Mela acontece sucessivamente a cada três anos.

Anúncios
Esse post foi publicado em Rituais. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s