A ciência precisa de um colisor de partículas ainda maior

O tamanho não é importante? entaão diga isso para a comunidade científica internacional. Uma equipe de mais de mil pesquisadores recentemente apresentatou ao CERN o projeto para a construção de um novo acelerador de partículas maior, para nos ajudar a entender melhor os segredos do universo.

O projeto é chamado ILC (International Linear Collider) e consiste em um acelerador de partículas linear, cujo comprimento é de 31 quilômetros, 30% maior do que o atual Large Hadron Collider , ou LHC, que mantém CERN, perto de Genebra, na Suíça.

Segundo os cientistas que conduzem o projeto,sabem que existem dois inconvenientes. O primeiro é o preço. Construção vai custar mais de 7.800 milhões de dólares.

O segundo problema é a localização, porque nem todos os países estão dispostos a dar tal uma faixa de terra. Neste sentido, parece que o governo japonês pode ser valorizando as instalações de hospedagem na região montanhosa do país.

A recente confirmação da existência do bóson de Higgs , que alguns chamam de “A partícula de Deus ‘ tem sido usado para calcular que aproximadamente 85% não sabem como o universo funciona. Acredita-se que grande parte deste território inexplorado da física é composta de matéria escura. O ILC pode ajudar a compreender melhor esta parte da física de partículas.

Fonte:  [CERN ]
Anúncios
Esse post foi publicado em Ciência. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s