Como é que os elefantes vivem em cativeiro,mais uma crueldade humana.

Quando levamos nossos filhos no jardim zoológico não paramos para analisar como esses animais vivem ali, se é certo ou errado? claro que todos vão afirmar que é certo sim> Vou lhes apresentar outro lado da moeda pensem e reflitam
Como sabemos, os elefantes são animais sociais. Na natureza eles vivem em grandes grupos familiares. Todos procuram permanecer com suas mães,irmaõs etc,,, durante toda a sua vida, os machos não deixam suas mães até 15 anos. Durante o dia, estes magníficos animais caminham dezenas de quilômetros.

 No entanto: a maioria dos jardins zoológicos, de acordo com muitos pesquisadores e ativistas dos direitos dos animais, AFIRMAM que eles não são capazes de atender as necessidades físicas muito menos psicológicas e sociais dos elefantes. Sabemos que o território dos elefantes em zoológicos na maioria das vezes, tem falta de espaço para a vida normal desses gigantes.  A relações bem estabelecidas entre os indivíduos são todas destruídas, principalmente quando os elefantes são transportados de um zoológico para outro para espécies nidificantes.

 Todos estes e outros fatores muitas vezes levam a uma série de problemas de saúde dos elefantes. Eles são a razão pela qual muitas organizações de proteção animal constantemente agem contra a manutenção dessess animais em zoológicos.

 Principais razões pelas quais as organizações de proteção animal se opõem em manter elefantes em cativeiro. Vamos alguns destes problemas:
A expectativa de vida é significativamente reduzida. As condições são totalmente inadequadas para a existência de elefantes nos zoológicos, encurta sua expectativa de vida. Assim, em dezembro de 2008, a revista Science publicou um estudo, os autores observaram 4.500 elefantes.
Este estudo mostrou que os elefantes asiáticos em zoológicos europeus vivem em média 18,9 anos, enquanto que no campo de exploração de madeireira asiática é de 41,7 anos. A  média de vida de elefantes africanos em zoológicos é de 16,9 anos, enquanto os elefantes de Amboseli National Park (Quénia) vivem cerca de 56 anos.

 Os elefantes no seu habitats naturais caminham até 18 horas por dia. Em um dia, eles podem percorrer 50 milhas. Fora do seu habitat é comum aparecer Artrite e doenças dos pés.  (Photo by selvagem Dogger):

 E além disso, estes gigantes nadão regularmente, escavão, ficam esfregando-se contra as árvores, tomando banhos de lama e exploraram diferentes áreas e substratos, tais como areia, grama e solo coberto com folhas. (Photo by selvagem Dogger):

Deserto de Kalahari – um deserto na África do Sul. (Photo by Peter Delaney):

 Mesmo os maiores recintos existentes dos zoológico são incapazes de fornecer estes tipos de exercícios aos elefantes. Os elefantes cativos tem que andar apenas sobre uma superfície dura (ao contrário de substrato macio natural) ou ficam em pé e parados por longos períodos ou confinados dentro recintos fechados. No entanto, tais condições são a principal causa de infecção nas pernas e o desenvolvimento de artrite, que freqüentemente conduzem à morte de um elefante.

 Comportamento neurótico: Infelizmente, alguns zoológicos ainda usam a força ou tortura. Eles tem até uma ferramenta própria para tal fim.

Ankus – uma ferramenta para punir os elefantes:

 Normalmente, ankus é usado para punir ou controlar os elefantes. É uma haste de aço pesada, com um gancho numa extremidade. Normalmente com a ponta afiada e aplicando fincadas nas partes moles do elefante , por exemplo: por trás das orelhas, ou sob o queixo. Outra tática horrível. Eles costumam acertar entre os olhos dos elefantes e outras áreas sensíveis, quando ele se recusa a obedecer (por exemplo, levantar a perna para um funcionário do zoológico limpa-la). (Foto Eisgrafin):

 Esta atitude é uma das causa que o levam a ficar com comportamento neurótico. Muitas vezes o balanço constante, acenando com a cabeça e outros movimentos repetitivos já é o incio do sintoma. (Photo by Gaetan Bourque)

 Veja  um Circo em Londres como o elefante era espancado com um porrete, a  elefanta Anne, em 23 de novembro de 2012. Mais tarde, o elefante foi tirado do circo e foi transferido para a cênica Safari Park, em Wiltshire. A comunidade internacional de defensores dos animais (ADI – Animal Defenders Internacional) que o retirou (Foto: Animal Defenders Internacional | Reuters):

 As condições meteorológicas inadequadas dos zoológicos em países com climas frios representam uma ameaça adicional à saúde dos elefantes que vêm de regiões quentes da África e da Ásia. Durante meses, os elefantes têm que ser mantidos dentro locais, muitas vezes em lugares s apertados .

Em um zoológico em Hamburgo, Alemanha. (Photo by Philipp Guelland | AP):

 Depois disso, os elefantes muitas vezes têm problemas psicológicos relacionados com stress e tédio, bem como as doenças das articulações já mencionadas.
No zoológico da cidade de Dubbo, Austrália, 20 de abril de 2012. (Foto por Mark Kolbe | Getty Images):

 A realidade que não é contada: Na maioria dos zoológicos os elefantes parecem felizes e saudáveis, ou estou mentindo? Mas muitas vezes ele parece que está! e é só porque a sua dieta consiste de analgésicos e anti-inflamatórios que  “mascaram” o sofrimento dos animais de doenças adquiridas nas circunstâncias todas ditas acima. (Foto de Tobias):

 A mortalidade dos bebes elefantes são altos. O programa de reprodução em cativeiro, muitas vezes acabam em fracasso por causa dos freqüentes casos de natimorto. (Foto por Katrin Schaak):

 Elefantes no Parque Nacional Serengeti. (Photo by Chris Cannucciari):

 Sem as redes sociais de suporte as fêmeas jovens elefantes , Foram retirados do ambiente selvagem, muitas vezes não conseguem lidar com a criação de seus filhotes. De fato são mães inexperientes, não aprenderam com as outras fêmeas do grupo para ajudá-los a criar seus filhotes. Tais relações sociais em zoológicos normalmente não são estabelecidas. (Foto Femme Peintre):

 Grande Mentira: Os zoos argumentam que o fazem para garantir a preservação das espécies. No entanto,só estão ali para fins financeiros de consumo, sem prestar qualquer atenção ao fato de que os elefantes morrem muito mais cedo no zoo do que na natureza. (Photo by Antero Topp):

Outro fato: após o fracasso da reprodução em cativeiro dos elefantes , muitos zoológicos adquirem os animais silvestres, criando assim uma pressão extra sobre as populações selvagens, que já estão em declínio devido à perda de habitat e caça furtiva. (Foto por Wolf Nitschke):

Enfim a nossa espécie é a mais cruel do planeta terra. Isto para mim passou a ser um FATO.

Anúncios
Esse post foi publicado em Animais crueldades. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s