A Rússia começou a construção da primeira usina nuclear flutuante do mundo

A Rússia começou a construção da primeira central nuclear flutuante do mundo, que vai a entrar em operação na Rússia em 2016. O projeto foi mostrado pela Aleksander Voznesensky , a maior empresa de transporte russa.

A Rússia tem uma longa experiência em navios de propulsão nuclear dentre a navios quebra-gelo e submarinos gigantes . Esta Usina nuclear terá aplicação civil projetada para fornecer energia em áreas remotas ou áreas que sofreram catástrofes.

Equipada com dois reatores nucleares KLT-40 modificado, este gerador será capaz de gerar corrente para uma cidade de 200,000 habitantes. O navio terá uma tripulação de 69 pessoas e não será capaz de se mover por si só, mas deve ser rebocado para onde precisar de seus serviços. Apesar de ser incapaz de se mover, estar preparado para suportar até mesmo tsunamis ou colisões com outras embarcações, sem causar danos aos reatores. A usina foi projetada para operar por um período no máximo de 40 anos de serviço, após o que deverá ser desmontada e reutilizada componentes.
A planta pode também ser modificada para se tornar uma instalação de dessalinização com capacidade itinerante de 240.000 metros cúbicos purificando a água do mar diariamente. Quinze países, entre os quais incluem a China, Indonésia, Malásia, Argélia, Namíbia, Cabo Verde e Argentina já demonstraram interesse no projeto.

Ainda bem que o Titanic “nunca afundou”. Ai vem essa turma dizer é a prova de tsunami. Esse projeto me cheira merda, pior que todo o planeta paga o pato.

Fonte: okbm.nnov.ru
Anúncios
Esse post foi publicado em Invenções. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s